terça-feira, novembro 24, 2009

Douro-Tarouca:Mondim da Beira inaugurou Centro de Dia

O Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, presidiu no Domingo à inauguração do Centro de Dia de Mondim da Beira. Esta obra, orçada em 350 mil euros teve uma comparticipação de 150 mil euros da Segurança Social e 75 mil euros da Câmara Municipal de Tarouca.
Este equipamento social do Centro de Dia e Apoio Domiciliário, tem uma capacidade para dar resposta a 25 utentes em regime de assistência ao domicilio e a 30 utentes em sistema de apoio no Centro de Dia.
Desejada pela população de Mondim da Beira, esta obra foi edificada graças à persistência do Padre Manuel Ramos, Presidente Direcção do Centro Social Paroquial de Mondim da Beira e ao apoio da Câmara Municipal de Tarouca.
Para o presidente da Câmara de Tarouca, Mário Caetano Ferreira, a inauguração do Centro de Dia de Mondim da Beira para além de ser um marco histórico no concelho ainda lhe parece um sonho. O projecto viu a luz do dia ainda no tempo em que Mário Caetano Fereira foi presidente daquela Junta de Freguesia, juntando a sua vontade à do Padre Manuel Ramos.

O agora presidente da Câmara de Tarouca , Mário Caetano Ferreira, fez questão de salientar à reportagem da Rádio Douro Sul, que há doze anos, quando se candidatou pela primeira vez à Câmara, realizou durante o seu primeiro mandato a obra do Centro social de Vila Chã do Monte e o Centro de Dia de Várzea da Serra e mais recentemente o da Granja Nova. Ora, segundo o autarca , a solidariedade sempre esteve nas prioridades do seu executivo e é assim que estão para breve o arranque do Lar de Idosos de Gouviães e o de Salzedas


Para o Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, esta foi mais uma etapa do Centro de Dia de Mondim da Beira porque há mais coisas a fazer para satisfazer os utentes daquele Centro. José Junqueiro disse ainda à Rádio Douro Sul ter sido um privilégio presidir à inauguração desta infraestrutura de solidariedade social, por se tratar da sua primeira obra a inaugurar no distrito enquanto governante e porque esteve envolvido, enquanto deputado nas anteriores legislaturas, no acompanhamento do projecto.
O governante salientou que "o caminho deve ser o das parcerias nas diversas áreas,com as autarquias, dando como exemplo o da câmara de Tarouca.
José Junqueiro fez questão de salientar ainda à reportagem da Rádio Douro Sul, apesar de agora desempenhar um cargo governativo não se esqueceu dos projectos que acompanhou enquanto exerceu as funções de deputado da nação nas diversas visitas efectuadas pelos concelhos do distrito de Viseu. O governante diz que "os deputados eleitos continuam no terreno".

Durante a cerimónia de inauguração do Centro de Dia de Mondim da Beira José Junqueiro disse que Tarouca pode orgulhar-se por aquilo que é, e por aquilo que tem, afirmando que Mário Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Tarouca "subiu sempre um degrau mais acima para poder ver sempre mais longe."

A cerimónia de inauguração contou, com a presença do Governador Civil de Viseu, Alcidio Faustino, do Bispo da Diocese de Lamego,D. Jacinto Botelho, dos Deputados da Assembleia de República, Paulo Barradas e Acácio Pinto, do Director e Director Adjunto do Centro Distrital de Viseu, Instituto da Segurança Social, dr. João Manuel e o dr. João Cruz, para além de outras individualidades presentes na cerimónia.

sábado, novembro 21, 2009

Douro-Lamego: Secretário de Estado do Desporto sugeriu a instalação em Lamego da Escola de Formação de Árbritos



O secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias, sugeriu hoje a instalação de uma escola de formação de árbitros no Centro Desportivo de Lamego onde o Governo vai efetuar uma remodelação de 8 milhões de euros.
"Daqui a ano e meio dois anos teremos à vossa disposição, em Lamego, instalações para uma escola de formação de árbitros, no Centro Desportivo que está já em remodelação" afirmou Laurentino Dias na abertura do I Congresso Internacional de Arbitragem, em Caldas Rainha-

A remodelação em curso irá permitir o surgimento do Centro Nacional de Formação Desportiva, dedicado em exclusivo à formação dos recursos humanos do desporto, onde, segundo o governante, terá cabimento a formação "de atletas, treinadores e também de árbitros".
"Vamos ter todas as condições para pôr a funcionar uma escola de arbitragem" sublinhou.
Laurentino Dias prometeu também "para breve" a "definição de regras claras em termos de fiscalidade", área que considera estar "a prejudicar seriamente a formação de novos árbitros".
"As autoridades fiscais decidem de forma diferente em Leiria, Lisboa ou Braga" disse à Lusa Laurentino Dias, adiantando estar a trabalhar com o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais "para encontrar um solução uniforme, entre outras matérias, em termos de prémios, despesas de deslocação e ajudas de custo".

quinta-feira, novembro 19, 2009

Douro-Lamego:Alunos do Colégio Imaculada Conceição de Lamego vão plantar mais de duzentos pinheiros mansos


Mais de 200 alunos do Colégio Imaculada Conceição de Lamego vão plantar 200 Pinheiros nas Meadas em meados de Março de 2010 .

O Colégio da Imaculada Conceição, da Cidade de Lamego, em parceria com a Câmara Municipal de Lamego está a desenvolver a iniciativa de plantar um Pinheiro Manso por aluno no Concelho de Lamego.
Os seus mais de duzentos alunos e alunas, do Pré-Escolar, 1º Ciclo, 2º Ciclo ao 3º Ciclo do ensino básico irão estar envolvidos directamente neste projecto sendo os verdadeiros intervenientes, no contributo para a melhoria do meio ambiente, como nos revelou Ana Bessa, mentora do projecto a desenvolver naquele estabelecimento de ensino particular de Lamego.
A empresa holandesa Prodite Zeelândia, que desde 2006 tem vindo a desenvolver esta ideia com a WWF com a venda pelos seus distribuidores do “Pão Panda”, aceitou aplicar o projecto em Lamego, com o apoio do Hipermercado E.Leclerc de Lamego, através da sua loja Brico a que se lhe associou a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego para esta iniciativa dos alunos do Colégio da Imaculada Conceição, como referiu à RDS Ana Bessa.
Ana Bessa revelou ainda à RDS que estão a ser desenvolvidos outros contactos com diversas entidades públicas e privadas nacionais, para que se juntem e apoiem a concretização deste projecto que visa sensibilizar as crianças para as questões ambientais e proporcionar-lhes o contacto com a planta durante o seu desenvolvimento.

A iniciativa visa essencialmente aproximar os jovens alunos do Colégio da Imaculada Conceição de Lamego, Pais/Encarregados de Educação e restante Comunidade Educativa, assim como a “Comunidade em geral de Lamego”, alertando para as preocupações ambientais que tanto nos preocupam, como referiu À RDS António Garcia, encarregado de educação de uma das alunas daquele Colégio.
Sensibilizar as crianças para os problemas ambientais, uma ideia que agrada aos pais e encarregados de educação dos alunos e alunas do Colégio da Imaculada Conceição de Lamego, um projecto que tem o apoio da Câmara de Lamego e irá culminar em Março de 2010 com a plantação de mais de 200 pinheiros mansos

Douro-Lamego:Cristina Bernardes apresenta sábado "Da Decadência à Regenaração"


Um novo livro de Cristina Bernardes será apresentado no sábado, na Câmara de Lamego, pelas 15h00.
Intitulado “Da Decadência à Regenaração” o livro é dado à estampa pela Papiro Editora e tem prefácio da professora doutora Ana Nascimento Piedade.
O livro de Cristina Bernardes, nascido de uma tese de Mestrado, gira à volta das obras de Eça de Queiroz , sendo “A Cidade e as Serras” a obra fulcral para a reflexão da autora que a levaria a escrever “Da Decadência à Regenaração” ,.
O curioso “Da Decadência à Regenaração” é que a partir de uma simples palavra “bocejo” Cristina Bernardes abre-nos a curiosidade e o apetite para lermos ou relermos as obras de Eça de Queiroz.
Cristina Bernardes explicou à RDS como nasceu “Da Decadência à Regenaração”:

Clique para ouvir as declarações de Cristina Bernardes


Na contra capa do livro a autora deixa transparecer em texto a sua visão e paixão pelas obras de Eça de Queiroz:

Clique para ouvir

A autora de “Da Decadência à Regenaração”, que é também directora do Colégio da Imaculada Conceição, em Lamego, questionada se considera, ou não, que os alunos gostam pouco de ler as obras de Eça de Queiroz fez questão de salientar que não tem essa ideia, mas é necessário um trabalho conjunto de professores e encarregados de educação::

Clique para ouvir

Questionada ainda se os alunos têm menos interesse pela leitura de um bom livro em detrimento da utilização do computador, Cristina Bernardes concorda, mas recordou que é uma boa maneira de incentivar os meninos à leitura:

Clique para ouvir


A apresentação da obra está a cargo de Isilda Afonso e Lidia Valadares e conta ainda com a colaboração dos alunos do Colégio da Imaculada Conceição de Lamego
A autora do livro é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas na variante de Português/Francês pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa. Mestre em Estudos Interdisciplinares pela Universidade Aberta de Lisboa e doutoranda em Ciências da Educação na Área de Pedagogia Social na Universidade Católica.
Como docente exerce o cargo de Directora Pedagógica do Colégio da Imaculada Conceição de Lamego

Noticia Rádio Douro Sul - Lamego94 Fm

sábado, novembro 14, 2009

Régua/Lamego:250 profissionais de turismo reunidos no Douro em Congresso

2º CONGRESSO DOS PROFISSIONAIS DE TURISMO PROMOVE DESTINO TURÍSTICO “DOURO”

Cerca de 250 profissionais de turismo estão reunidos este fim de semana no 2º Congresso no Douro, para discutir o sector. Inovação no turismo-factor de competitividade, produtos e serviços do turismo-what's new?, novas visões, mais competências. Estes os temas que a Associação de Profissionais de Turismo de Portugal trouxe ao Douro para discussão durante 3 dias, onde “inovar para competir.” é a palavra de ordem, centrando as questões no turismo nacional, nas novas posturas e outros comportamentos profissionais.

Isso mesmo constou da sessão de abertura do congresso, pois o tema não passou despercebido ao presidente da Entidade de Turismo do Douro, António Martinho, que a propósito disse à RDS que o Douro só se afirma se continuar a apostar na qualidade:

O presidente da Entidade de Turismo do Douro referiu ainda À RDS que todo o potencial do Douro não pode ser coartado e, para isso, são precisos os meios e os recursos a que a região tem direito para se desenvolver:


António Martinho, presidente da Entidade de Turismo do Douro, recorde-se, tem vindo a chamar a atenção do poder central para as potencialidades do Douro e a escassez dos meios colocados à disposição.
Ricardo Magalhães, Chefe de Projecto da Estrutura de Missão do Douro, presente também na sessão de abertura assentou a sua intervenção na tónica da necessidade da qualidade e qualificação dos recursos humanos, sendo esta uma das principais apostas da Estrutura de Missão do Douro.


Ricardo Magalhães defende que a região necessita, para dar o salto qualitativo, que o projecto da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, com sede em Lamego, seja fechado com a conclusão e operacionalização do Hotel daquela Escola. E criado um Centro de Excelência de Gastronomia e Vinhos, junto da mesma Escola. Estando neste momento, para o efeito, em fase de análise dois projectos na Estrutura de Missão do Douro.


Ricardo Magalhães deixou, no entanto, uma outra indicação aos congressistas de turismo, a necessidade da "internacionalização do destino Douro" e para isso é preciso que o Douro adira a Redes de Conhecimento Internacionais. A Estrutura de Missão já fez um protocolo de cooperação com a Universidade Americana George Washington para que alunos e professores daquela universidade se desloquem a Lamego para trabalharem em conjunto na Escola de Hotelaria e Turismo do Douro em Lamego.


A sessão de abertura e o primeiro painel subordinado ao tema Inovação no Turismo- Factor de Competência, tiveram inicio ontem à tarde no auditório do Museu do Douro, no Peso da Régua. No primeiro painel participaram “entidades tutelares nacionais e regionais e ainda associações empresariais que apresentaram o seu ponto de vista sobre a necessidade de inovar para competir



O congresso prossegue hoje na Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, na cidade de Lamego, com 2 painéis. O primeiro Produtos e Serviços do Turismo - “What's New? que dá o mote para a apresentação de alguns projectos de referência no turismo


O segundo painel aborda as Novas Visões, Mais Competências. a APTP convidou representantes de entidades que possam facilitar a empregabilidade e indicar os perfis profissionais que actualmente apresentam uma maior procura, como é da HMI – Investigação e Desenvolvimento, do Instituto Politécnico de Leiria e da associação Espanhola de Profissionais de Turismo


O debate e encerramento do Congresso estão marcados para as 18h30.

A leitura das conclusões será feita pelo presidente da Associação dos Profissionais de Turismo de Portugal, Agostinho Peixoto e está marcada para as 19h00. Na mesma altura será feita a apresentação do destino do 3º Congresso.

segunda-feira, novembro 09, 2009

São J oão da Pesqueira:Luis Filipe Vieira recordou que "Casas do Benfica são manifestação da força e mistica"









LUÍS FILIPE VIEIRA EM SÃO JOÃO DA PESQUEIRA
Foi em ambiente de festa e muito frio que São João da Pesqueira recebeu Luis Filipe Vieira, Presidente do Sport Lisboa e Benfica para a inauguração da 229ª Casa do Benfica. Normalmente as inaugurações oficiais das Casas do Benfica acontecem já com estas em funcionamento, mas a de São João da Pesqueira foi a estrear. Abriu pela primeira vez as portas no passado sábado contando já com o novo projecto de uniformização de imagem que será alargado a todas as outras.
O líder encarnado começou por ser recebido nos Paços do Concelho pelo novo Presidente da autarquia, José Tulha, que deu as boas vindas à comitiva do Benfica, referindo que “é com alegria e satisfação que os Pesqueirenses recebem pela primeira vez o Presidente do clube embaixador de Portugal no mundo”.
Seguiu-se a inauguração da sede, pequena para tanta gente que queria cumprimentar Luis Filipe Vieira ou tirar uma fotografia com a águia Vitória.
Já no almoço, que teve lugar no salão de exposições e reuniu várias centenas de pessoas, foi a loucura total com pedidos do título ao presidente e o tradicional cântico SLB,SLB…GLORIOSO…SLB.
Carlos Camilo, Presidente da Casa do Benfica em São João Pesqueira, aproveitou a ocasião para lembrar as grandes dificuldades para abrir a Casa, considerando agora “um marco importante na história deste concelho e a concretização de um sonho que teimava em não realizar-se”,declarou.
“Hoje podemos dizer que somos um pedacinho deste grande clube e é nosso desejo festejar este ano o título de campeão nesta nossa nova Casa”, acrescentou o líder da Casa de São João da Pesqueira, lembrando que “foi num tempo recorde que conseguimos realizar este sonho, portanto e sem modéstia, a nossa Casa é um caso particular no universo benfiquista”,referiu.
O grande momento da festa chegou com as palavras do Presidente do S.L.Benfica.
Luís Filipe Vieira começou o seu discurso lembrando que “ uma das grandes manifestações da força e da mística do Benfica tem a ver com expansão das nossas Casas, com a sua modernização. Podem, por isso, imaginar a minha satisfação por estar aqui em São João da Pesqueira a inaugurar mais uma Casa renovada no grande mapa que as Casas do Benfica já ocupam por todo o país. Trata-se, como podem perceber, de uma inauguração especial porque representa uma nova fase na vida das nossas Casas. O segredo que fez do Benfica um Clube centenário são as pessoas. A sua dedicação e o seu esforço são – como sempre foram - a alma deste Clube”, declarou o líder encarnado.
A proximidade aos sócios tem sido uma das grandes características da presidência de longos anos de Luís Filipe Vieira e, para tal recordou que “as Casas, tiveram um papel determinante nesta estratégia, porque sempre foram verdadeiros centros dinamizadores da mística e da história do Clube. As Casas do Benfica são uma garantia de defesa e promoção do Clube, fazem parte do património e da marca Benfica, mas não podem ser realidades estáticas, têm de acompanhar a evolução dos tempos e responder às novas exigências. É essa dinâmica que hoje quero aqui destacar. Não só celebramos, hoje, a nova imagem desta casa, mas o tempo recorde em que todo o processo foi concluído. Parabéns a todos por isso”, disse Luis Filipe Vieira.
Com a inauguração da Casa de São João da Pesqueira, o clube da águia conheceu o seu 229º ninho. Até ao final do ano estão previstas abrir mais cinco casas oficiais do Benfica.

NUNO MIGUEL CORUCHE

quarta-feira, novembro 04, 2009

Lamego: António Chainho sábado no Teatro Ribeiro Conceição

O guitarrista António Caínho vai estar em Lamego no próximo dia 7 de Novembro, para apresentar o novo álbum «LisGoa» no Teatro Ribeiro Conceição (TRC).
Sobem ao palco, ao lado de Chaínho na guitarra portuguesa, a fadista Isabel de Noronha, Tiago Oliveira (guitarra clássica), Carlos Barreto Xavier (teclados e programações), Paulo Sousa (sitar) e Raimund Engelhart (tablas).
No novo trabalho discográfico, o artista «explora as sonoridades da música indiana com a guitarra portuguesa, procurando um intercâmbio e uma permuta sonora», segundo o próprio.
No espectáculo, Natasha Lewis interpretará temas em hindi e konkanin.

Peso da Régua: Na tomada de posse Nuno Gonçalves sublinha a "reponsabilidade e e "honra" de novo mandato



Nuno Gonçalves garante continuidade no trabalho e novos investimentos para o concelho


A cerimónia de tomada de posse do Executivo e da Assembleia Municipal da autarquia reguense decorreu Segunda-feira, dia 02 de Novembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.


No discurso da tomada de posse, Nuno Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua, sublinhou a “responsabilidade” e a “honra” de “poder desempenhar de novo a missão de representar e gerir os destinos do concelho”.

Maior competitividade, reforço das parcerias com as Instituições concelhias, investimento em habitação social, política para a juventude, requalificação urbana e planeamento, com particular enfoque para o processo de regeneração urbana Frente Douro e a Rede de Cidades para a Competitividade e Inovação são as apostas fortes do Executivo Municipal para os próximos quatro anos.

O Autarca assumiu a continuidade do trabalho desenvolvido ao longo do mandato anterior, em resultado do qual “foi possível projectar e garantir o financiamento para uma boa parte dos grandes investimentos que vamos realizar, tendo assegurado no novo Quadro Comunitário, financiamento que ascende a valor de investimento global superior a 27 Milhões de Euros.”


Na tomada de posse, Nuno Gonçalves garantiu que tudo será feito para “abreviar a concretização de necessidades básicas”, para que no final deste mandato Peso da Régua possa “ascender ao patamar a que tem direito”, tendo-se assegurada a qualidade de vida da população.

O Presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua, reeleito a 11 de Outubro, com maioria absoluta, reafirmou que o trabalho com as freguesias continuará assente no princípio de um “desenvolvimento que se estenda por todo o território”, correspondente a “uma estratégia planeada e coerente, onde não vamos abdicar da responsabilidade que nesta matéria naturalmente nos cabe.”


Artur Andrade foi eleito Presidente da Mesa da Assembleia Municipal. Júlio Mota e Paula Santos, 1.º e 2.º Secretário, respectivamente.

Artur Andrade garantiu “imparcialidade” para o exercício das novas funções e dedicação a um projectivo colectivo em que acredita e o qual trará ao concelho um desenvolvimento maior.

domingo, novembro 01, 2009

Lamego:Francisco Lopes tomou posse para o seu novo mandato



Francisco Lopes tomou posse na passada sexta feira, ao fim da tarde, para um novo mandato na Cãmara de Lamego, onde passa a liderar o novo executivo de seis vereadores eleitos pela coligação PSD-CDS/PP, “Todos Juntos por Lamego”, contra um do PS.
Os lamecenses atribuiram a Francisco Lopes um mandato histórico e confortável, um resultado nunca alcançado nos anteriores actos eleitorais do concelho de Lamego.
O salão Nobre da Câmara de Lamego foi pequeno para albergar os lamecenses que pretendiam assistir à cerimónia, presidida por José Mário Ferreira de Almeida, presidente da Assembleia Municipal cessante, pelo que muita gente teve de assistir no exterior, através do sistema de circuito interno de televisão. montado para o efeito pela Kymagem.
Depois da tomada de posse dos órgãos eleitos, Câmara e Assembleia Municipal apenas a coligação PSD-CDS/PP apresentou uma lista para a constituição da Mesa da Assembleia, como presidente José Mário Ferreira de Almeida, 1º secretário, José Carrapatoso Oliveira e como 2º secretário, António Augusto Santos. A lista viria a recolher 39 dos 48 votos, tendo por isso reconduzido o dr. José Mário Ferreira de Almeida para dirigir, por mais quatro anos, os trabalhos da Assembleia Municipal. .
O momento aguardado com mais expectiva foi o dos discursos oficiais da cerimónia.
Francisco Lopes após os cumprimentos às entidades presentes começou por agradecer aos lamecenses a votação maciça na sua candiatura em 11 de Outubro e disse que ela foi a resposta à calúnia e aos ataques pessoais de que foialvo durante a campanah eleitoral.

Clique para ouvir parte do discurso de Francisco Lopes

Francisco Lopes recordou e saudou os anteriores autarcas que serviram a Câmara de Lamego e lembrou que este mandato é iniciado sob o signo da continuidade.


Clique para ouvir Francisco Lopes

Francisco Lopes enumerou ainda as diversas medidas tomadas no anterior mandato para recuperar o atraso infraestrural em que Lamego se encontrava. Do seu discurso ressalta ainda o anuncio dos mais de trinta projectos candidatados ao QREN e ainda prometeu pugnar pela manutenção dos diversos serviços publicos essencias, bem como a captação de novos serviços piblicos e dedicar especial atenção ao projecto de reintalação do CTOE. Não esqueceu a sua velha reinvindicação ao governo central da construção do IC26, o qual deve incluir uma nova ligação da A24 à cidade de Lamego, bem como ainda a sua aposta na juventude.
Francisco Lopes terminou o seu discurso recordando a inauguração do Teatro Ribeiro Conceição comoum dos momentos altos do seu anterior mandato:

Clique para ouvir


José Mário Ferreira de Almeida, presidente da Assembleia Municipal, depois das saudações reiterou a necessidade de dotar com meios e condições os trabalhos em plenário e da Mesa da Assembleia para uma maior dignidade do órgão que representa. Ferreira de Almeida lembrou que apesar da coligação possuir uma maioria confortável na Assembleia, esta não se vai dimitir das sua obrigação de exercer uma maior fiscalização da actividade municipal e considerou existir uma maior responsabilidade que emana da votação dos lamecenses.
José Ferreira de Almeida referiu ainda que os resultados de 11 de Outubro foram clarificadores e espera que eles tenham sido o principio do fim de práticas politicas que pouco têm que ver com a democracia:

Clique para ouvir parte do discursode José Ferreira de Almeida


No final da cerimónia, em exclusivoà RDS, Francisco Lopes sublinhou a importância do resultado da votação dos lamecenses na renovaçãodo seu mandato:

Declarações de Francisco Lopes à RDS - 1ºregisto

O presidente da Câmara de Lamego recordou à nossa reportagem que tem em carteira mais de trinta projectos candidatados ao QREN e espera poder concretizár uma boa parte até 2013 e referiu as suas prioridades:

Clique para ouvir o 2º registo

Francisco Lopes esclareceu à RDS porque referiu no seu discurso que os projectos apresentados pelo PSD_CDS/PP e pelo PS, durante a campanha eleitoral, eram quase identicos, mas tinham uma diferença substancial:

Clique para ouvir o 3º registo

Por fim,para todos aqueles que não puderam assistir à sua tomada de posse, Francisco Lopes, ao iniciar este seu novo mandato, deixa aqui a sua mensagem aos lamecenses:

Mensagem de Francisco Lopes


A RDS ouviu também o presidente da Assembleia Municipal, José Mario Ferreira de Almeida, que expressou o seu orgulho por ter sido novamente o escolhido para dirigir a Assembleia nos proximos quatro anos:

Declarações de José Mario Ferreira de Almeida à RDS

O presidente da Assembleia Municipal deixou também, através da RDS, uma mensagem a todos os lamecenses que não puderam assistir à tomada de posse

Mensagem do presidente da Assembleia Municipal de Lamego

José Mário Ferreira de Almeida em declarações exclusivas à RDS, após ter empossado o órgão executivo da Câmara de Lamego liderado por Francisco Lopes e os eleitos para a Assembleia Municipal onde a coligação PSD-CDS/PP tem uma maioria confortável. A cerimónia decorreu ontem no Salão Nobre da Câmara de Lamego











Em jeito de roda-pé, um reparo, e comentário a quem de direito, continua a não fazer sentido, que sendo o candidato à Assembleia Municipal submetido nas eleições autárquicas à livre escolha pelo povo, tal como os lideres candidatos aos restantes órgãos, câmara e juntas de freguesia e sendo o candidato mais votado para a Assembleia Municipal, tenha de se submeter a um segundo escrutínio e ficar refém da vontade dos deputados municipais. Julgamos, com este reparo, estar a interpretar correctamente os desabafos que, de quatro em quatro anos, temos ouvido nas diversas cerimónias de tomadas de posse a que temos assistido.

sexta-feira, outubro 30, 2009

Tarouca:Mário Caetano Ferreira empossado ontem para o seu quarto mandato




Foram ontem empossados os novos órgãos autárquicos no Município de Tarouca.
José Simões de Carvalho, presidente da Assembleia Municipal cessante, deu posse ao novo executivo da Câmara liderado por Mário Caetano Ferreira e aos deputados municipais da nova Assembleia. Reunida pouco depois para a eleição do novo presidente. A reeleição de Simões de Carvalho ficou assegurada porque as duas listas propostas a sufrágio pelo PS e pelo PSD incluíam o nome do candidato mais votado em 11 de Outubro para aquele órgão.









A tomada de posse do executivo camarário e dos deputados municipais ficou, no entanto, marcada pelos discursos contundentes do presidente da Câmara de Tarouca, Mário Caetano Ferreira e de Simões de Carvalho, presidente da Assembleia Municipal , quando se referiram à forma como se desenrolou a campanha eleitoral autárquica em Tarouca, numa alusão clara aos factos ocorridos na segunda semana, quando desconhecidos vandalizaram as instalações da antiga escola primária e destruíram o seu mobiliário, os grafitis, os símbolos e palavras de ordem pintadas no chão, em frente aos paços do concelho, bem como a
campanha de panfletos distribuídos à população e os blogues na Internet . O Partido Socialista de Tarouca considerou-os de baixa politica, por conterem calúnias e ataques pessoais sem precedentes em campanhas eleitorais, o que levou o presidente da Assembleia Municipal a intervir numa tomada de posse como a de ontem, como fez questão de frisar, considerando a última campanha autárquica como a pior a que assistiu em termos de ataques pessoais.




Mário Caetano Ferreira ao discursar também se referiu aos acontecimentos ocorridos na campanha eleitoral em Tarouca, e salientou que “durante a sua experiência autárquica nunca tinha assistido a algo tão reprovável”.

Visivelmente incomodado com os discursos do presidente da Assembleia Municipal e do presidente da Câmara, o líder da oposição no novo elenco de vereadores da Câmara de Tarouca, Valdemar Pereira, pelo PSD, referiu à RDS que o que se passou durante a campanha com os blogues também o indignaram e que nada teve a ver com isso. O vereador referiu ainda que entendia "os discursos do poder porque o PSD de Tarouca era a única força sustentável e forte".
Valdemar Pereira disse desconhecer a origem dos blogues e que não os leu.


No final da sessão a RDS ouviu o presidente da Assembleia Municipal, José Simões de Carvalho, que renovou a sua esperança na equipa do executivo e considerou-a excelente pelo trabalho já realizado nos três anteriores mandatos e justificou o seu discurso "sentido" por a campanha ter decorrido "com agressões pessoais sem cara e sem rosto".

Mário Caetano Ferreira, reconduzido pelos tarouquenses para o seu quarto mandato consecutivo disse à nossa reportagem que, apesar de ter sido reeleito com mais votos que no mandato anterior, "a sua responsabilidade é a mesma com que foi eleito pela primeira vez", mantendo "a serenidade e o respeito por aqueles que o elegeram". Quanto ao papel da oposição na Câmara, disse acreditar "na promessa pública do vereador do PSD e vai levá-la a sério"... , "caso contrário a maioria porá a casa na ordem".
Quanto aos grandes projectos para o novo mandato Mário Ferreira disse à RDS que se encontram todos candidatados e aprovados e que os tarouquenses não o elegeram "para estar atrás de uma secretária, porque Tarouca não pode parar".

quinta-feira, agosto 20, 2009

Lamego: A Romaria de Portugal decorre de 27 de Agosto a 9 de Setembro

De 27 de Agosto a 9 de Setembro, Lamego está em Festa,
Espectáculos de variedades gratuitos,
Festivais de Folclore,
Programas culturais,
Acontecimentos Desportivos,
Bandas de música,
Grupos de animação de rua,
Espectáculos pirotécnicos, fogo preso e piro-musical
Marcha Luminosa,
Batalha de Flores,
Rusgas típicas de musica tradicional portuguesa,
Feira Franca,
Exposições,
Artesanato,
Gastronomia Regional
e Divertimentos compõem a programação disponibilizada pelaCâmara de Lamego para os 14 dias de festa permanente em que a cidade estará envolvida.
A 30 de Agosto começam as celebrações religiosas no Santuário de Nossa Senhora dos Remédios e culminarão no dia 8 de Setembro com a Majestosa Procissão do Triunfo, unica em todo o Mundo, apresentando a particularidade de os andores serem puxados por juntas de bois.


PROGRAMA COMPLETO:


Programa - 27 de Agosto a 9 de Setembro
27 AGOSTO - Quinta-feira
10:00 - Leitura do convite à participação dos Cidadãos de Lamego e seu Termo feita pelo Arauto
Ruas da Cidade
21:30 - Abertura Oficial das Festas da Cidade 2009
Av. Dr. Alfredo de Sousa
22:00 - Espectáculo com a Banda 4 Playerz
Av. Dr. Alfredo de Sousa
No final do espectáculo sessão de fogo-de-artifício pela Pirotecnia Duarte (Britiande – Lamego)A partir deste dia as ruas da cidade serão feéricamente iluminadas pela Empresa Castros – Iluminações Festivas S.A. – Espinho

28 AGOSTO - Sexta-feira
10:00 - XIX Torneio de Ténis Veteranos “Nossa Senhora dos Remédios”
QualifyingCampos do Complexo Desportivo de Lamego e Quinta da TimpeiraOrganização: Ténis Clube de Lamego
15:00 - Inauguração da IV Exposição de Objectos Escutistas
Mercado Municipal (Entrada pela Rua de Almacave)A exposição está patente até ao dia 30 de Agosto das 9.00 às 22 horasOrganização – Clube de Objectos Escutistas de Lamego
22:00 - Fados de Coimbra com o Grupo de Fados e Baladas de Coimbra
Largo da Sé Catedral

29 AGOSTO - Sábado
9:00 - Percursos Pedestres “Rota dos Remédios”
Para mais informações consultar:http://www.tenisclubelamego.com/Organização: Ténis Clube de Lamego
10:30 - Associação dos Amigos do Povo de Timor Lorosae
Inauguração da 5.ª Feira das Colheitas de LamegoContinuação no dia 30 Claustros da Sé de Lamego
10:30 - XIX Torneio de Ténis Veteranos “Nossa Senhora dos Remédios”
Início do TorneioCampos do Complexo Desportivo de Lamego e Quinta da Timpeira Organização: Ténis Clube de Lamego
16:00 - Tarde da Criança
Com a participação do Palhaço CroqueteParque Isidoro Guedes
16:30 - “A Revolução de António e Oriana”
Apresentação do novo romance de Joaquim Sarmento, no Anfiteatro do Centro Social e Paroquial de Almacave
18:00 - Inauguração da Exposição de Pintura “Abstrações Cromáticas”
De Maria VazClube de Lamego
21:30 - XLII Festival Nacional de Folclore
- Rancho Folclórico Luz dos Candeeiros – Porto de Mós- Grupo Folclórico do Souto - Guimarães- Grupo Folclore do Melriçal - Soure- Grupo Folclórico Danças e Cantares – S. João de Ver Av. Dr. Alfredo de SousaOrganização: Rancho Regional de Fafel

30 AGOSTO - Domingo
FESTA EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA
10:00 - Missa Solene (com transmissão pela Rádio Douro Sul)
17:00 - Procissão de Nossa Senhora do Terço
Itinerário: Rua da Seara, Rua da Cruz, Travessa da Rua da Cruz, Praça do Comércio, Rua das Cortes, Rua Nova, Rua do Campo, Câmara Municipal, Av. Dr. António José de Almeida e Rua do CerdeiralActuação da Banda Marcial de Cambres
Associação dos Amigos do Povo de Timor Lorosae
11:30 - Missa na Sé Catedral pelos Sócios Falecidos
20:00 - Jantar Convívio
Animação com um Grupo de Timorenses
15:00 - XIX Torneio de Ténis Veteranos “Nossa Senhora dos Remédios”
Meias-finais e finalCampos do Complexo Desportivo de Lamego e Quinta da TimpeiraOrganização: Ténis Clube de Lamego
22:00 - Espectáculo com José Cid
Av. Dr. Alfredo de Sousa

31 AGOSTO - Segunda-feira
21:30 - XXXII Festival Internacional de Folclore
- Gruppo Folk Ru Maccature – Carpinone – Itália- Grupo de Folclore Casa do Povo de Santa Cruz - Madeira- Dunaá Folk Dance Groupe - Eslováquia- Rancho Regional de Fafel - LamegoAv. Dr. Alfredo de SousaOrganização: Rancho Regional de FafelColaboração: Associação de Defesa da Etnografia e Folclore do Douro

1 SETEMBRO - Terça-feira
22:00 - Espectáculo da Rádio Douro Sul
Av. Dr. Alfredo de SousaOrganização: Rádio Douro Sul

2 SETEMBRO - Quarta-feira
18:00 - Apresentação do Livro “ A História de Frei Hermano Contada Aos Mais Novos” da autoria de Fernando Branco Marado, a cargo do Pe. Dr. João António P. Teixeira. Participação de Paulo Paradela.
Salão Nobre do Teatro Ribeiro Conceição
21:30 - Espectáculo com Frei Hermano da Camara. Participação de Paulo Paradela.
Teatro Ribeiro Conceição

3 SETEMBRO - Quinta-feira
22:00 - Espectáculo com a Orquestra Ligeira da Academia de Música de Lamego
Av. Dr. Alfredo de Sousa

4 SETEMBRO - Sexta-feira
22:00 - Noite de Fado com Carminho
Parque Isidoro Guedes

5 SETEMBRO - Sábado
Encontro de Antigos Alunos do Patronato Nuno Álvares Pereira
9:00 - Recepção no Patronato
Hastear da Bandeira
10:00 - Missa na Igreja das Chagas
11:00 - Sessão Solene na Câmara Municipal para entrega da Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro
13:00 - Almoço de Confraternização
Voleibol de Praia - Torneio de Duplas e Quadras
10:00 / 15:00 / 21:00
Piscinas Municipais de LamegoOrganização: Associação de Voleibol de Viseu
Dia da Casa Regional de Lamego em Lisboa
13:00 - Almoço de Confraternização
22:00 - Espectáculo com Paulo Gonzo
Av. Dr. Alfredo de Sousa

6 SETEMBRO - Domingo
10:00 - Comemoração do 170º Aniversário da Presença Militar em Lamego
Parada Militar em frente à Messe de Oficiais
Voleibol de Praia – Torneio de Duplas e Quadras
10:00 / 15:00
Piscinas Municipais de LamegoOrganização: Associação de Voleibol de Viseu
V Encontro Convívio dos Amigos de Fafel, Ponte de Pau e Oliveiras
12:00 - Missa na Capela de Santo António
13:00 - Almoço Convívio no Restaurante Quinta Paraíso Douro – Serra das Meadas
22:00 - MARCHA LUMINOSA
Abertura do Desfile
Conjunto de Montadas da GNR
Percurso: Inicio Junto à Câmara Municipal, Rua Marquês de Pombal, Praça do Comércio, Rua de Almacave, Rua Cândido dos Reis, Rua do Teatro, Av. Visconde Guedes Teixeira (lado descendente), Av. Visconde Guedes Teixeira (lado ascendente) e Av. 5 de Outubro
- Carro da Cidade “ 900 anos do Nascimento de D. Afonso Henriques” László Gulyás Chorus – Hungria
- Carro da Criança “Heróis da Pequenada” Gaitas de Ourense – Espanha
- Carro “Fonte Divina” Sbandieratori delle Torri Metelliane – Itália
- Carro “Lamego Florida” Tiszaujvaros – Hungria
- Carro “Espumantes de Lamego” Grupo Recreativo Escola de Samba Juventude Vareira
- Carro “Ano Internacional da Astronomia” AnimaBrincando com Aliens
- Carro “Índia” Sbandiratori e Musici Borgo San Nicolo “Le Cinque Contrade” – Itália
- Carro Neptuno “Ninfas e Sereias – A Imensidão do Mar” Associação Recreativa Carnavalesca de Ovar – Kan-Kans
- Carro “Aventura no País dos Cangurus” Pianistas Excêntricos
- Carro “Lamego – A Melhor das Romarias” Fanfarra do Clube Recreativo e Pioneiro de Queimadela
Durante o dia arruadas pela Banda de S. Cipriano a Velha – Resende e pelo Grupo de Bombos de Santa Maria de JazenteDurante o desfile serão lançadas peças de fogo-de-artifício pela Pirotecnia Duarte (Britiande- Lamego)Todos os carros foram decorados e iluminados por Desfilarte de José Alberto Dias Lobo – Felgueiras

7 SETEMBRO - Segunda-feira
GRANDE FEIRA FRANCA
Na “Carreira das Tílias”
16:00 - BATALHA DAS FLORES
(O mesmo programa e percurso da Marcha Luminosa do dia anterior)
24:00 - Duas sessões de Fogo-de-artifício pela Pirotecnia Duarte (Britiande – Lamego)
Durante o dia e noite grupos de bombos, tocatas, zés pereira, grupos de concertinas e bandas de música levam a Festa a toda a cidadeArruadas pelos grupos de bombos Santa Maria de Jazente (Amarante), Comissão de Melhoramentos de Ferreiros (Lamego), Associação Cultural e Recreativa de Sande (Lamego), Grupo Recreativo “Os Bombos de Fontelo de S. Domingos” (Armamar).

DE 7 PARA 8 DE SETEMBRO
GRANDE NOITE DA ROMARIA DE PORTUGAL
Arruadas por rusgas populares que alegremente percorrem a cidade cantando temas populares e cantigas ao desafio, pelo rufar típico dos bombos e alegres toques de concertinas
23:00 - Arraial popular
Baile com o Grupo MedKave
Jardim da República
Organização: Junta de Freguesia de Almacave

8 SETEMBRO - Terça-feira
DIA DE NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS

10:00 - Missa Festiva em Honra da Padroeira ( transmissão da Rádio Douro Sul)
Santuário de Nossa Senhora dos Remédios
16:00 - MAJESTOSA PROCISSÃO DE TRIUNFO
Tema: ANO SACERDOTAL – DAR-VOS-EI PASTORES SEGUINDO O MEU CORAÇÃO
Andores: - Nossa Senhora Mãe dos Sacerdotes - São Nuno de Santa Maria - Nossa Senhora de África - Nossa Senhora da Assunção - Nossa Senhora dos Remédios
A Procissão sai da Igreja das Chagas, percorrendo algumas ruas da cidade, e termina na Igreja de Santa Cruz. Os andores armados sobre carros são puxados por juntas de bois, segundo uma tradição muito antiga. Esta tradição foi sancionada, em 27 de Abril de 1952, pela Sagrada Congregação dos Ritos, a requerimento da Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios através do seguinte despacho: “A Sagrada Congregação dos Ritos, em virtude das faculdades que o Santo Padre lhe concedeu, atendendo às circunstâncias particulares expostas na petição e ao oficio de recomendação, em que o Exmo. e Revmo. Ordinário da Diocese de Lamego tão encarecidamente se interessa no assunto, indulgentemente acede a estas preces, deixando tudo ao juízo prudente do mesmo Ex. mo e Revmo Ordinário, com as faculdades necessárias e oportunas, sem que se obste qualquer determinação em contrário”.
Durante o dia arruadas pelos grupos de bombos de Santa Maria de Jazente (Amarante), Boinas Castanhas de Ferreiros (Lamego), Associação Desportiva de Ferreiros (Lamego) e pelas Sociedade Filarmónica de Lalim, Banda Marcial de Cambres e Associação Filarmónica e Banda Juvenil de Magueija, as quais participarão na Procissão de Triunfo onde também participará a Associação Filarmónica de Tarouca.
23:00 - Grandiosa sessão de Fogo de Artificio pela Pirotecnia Duarte (Britiande – Lamego)

9 SETEMBRO - Quarta-feira
22:00 - Festival da Cidade com o Grupo Flor de Lis (Vencedor do Festival da Canção 2009)
No final deste espectáculo terá lugar uma sessão de fogo piro musical pela Pirotecnia Duarte (Britiande – Lamego)Jardim da República
24:00 - ENCERRAMENTO DAS FESTAS DA CIDADE EM HONRA DE NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS 2009.
Sessão de fogo de estoira nos quatro cantos da Cidade
O fogo de estoira lançado de 27 de Agosto a 9 de Setembro é da responsabilidade da Pirotecnia Duarte (Britiande – Lamego)
PROGRAMA RELIGIOSO
30 AGOSTO A 7 SETEMBRO
Novena
6:15 - Angelus e Oração da manhã
Exposição do Santíssimo Sacramento, com recitação do terço e bênção
Santuário de Nossa Senhora dos Remédios
7:00 - Celebração da Eucaristia, com pregação
Santuário de Nossa Senhora dos Remédios

6 SETEMBRO - Domingo
8:00 - Procissão da Imagem de Nossa Senhora dos Remédios do Santuário para a Igreja das Chagas

8 SETEMBRO - Terça-feira
10:00 - Missa Festiva em Honra da Padroeira
Santuário de Nossa Senhora dos Remédios
16:00 - Majestosa Procissão de Triunfo
Da Igreja das Chagas para a Igreja de Santa Cruz
Tema: ANO SACERDOTAL – DAR-VOS-EI PASTORES SEGUINDO O MEU CORAÇÃO
Andores: - Nossa Senhora Mãe dos Sacerdotes - São Nuno de Santa Maria - Nossa Senhora de África - Nossa Senhora da Assunção - Nossa Senhora dos Remédios

As cerimónias religiosas serão transmitidas pela Rádio Douro Sul em 94FM e em www.radiodourosul.com

quinta-feira, julho 16, 2009

Douro: Corridas e Gastronomia com transportes gratuitos entre Lamego, Peso da Régua e Vila Real


Transportes gratuitos para turistas em JulhoA Turismo do Douro promove um programa de transportes gratuitos entre os dias 25 e 26, para os visitantes que se desloquem a Vila Real para assistir ao 42º Circuito Automóvel e a Lamego visitar o I Festival de Gastronomia do Douro.
O programa de transferes/táxi vai ligar as cidades do eixo urbano do Douro, Vila Real, Peso da Régua e Lamego.
O objectivo da Entidade Regional de Turismo do Douro é facilitar a mobilidade dos turistas e visitantes na região, proporcionando-lhes alternativas práticas de estacionamento perto dos locais de paragem dos autocarros ou nas unidades de alojamento em que pernoitarem.

Lamego:Exército inaugura Gabinete de Atendimento ao público no Bloco da Feira

No próximo dia 22 de Julho de 2009, quarta-feira, na cidade de Lamego, o Exército Português vai inaugurar mais um Gabinete de Atendimento ao Público (GAP).
Este Gabinete, sob
a dependência do Centro de Recrutamento de Viseu, permitirá às populações da região do Douro Sul, a possibilidade de obterem informações não só sobre a prestação do serviço militar no Regime de Voluntariado e Contrato, como também outras, de carácter militar e constitui-se numa mais-valia para o Exército, sobretudo na área do Recrutamento.
O GAP de Lamego fica situado no Bloco da Feira, loja 7, em instalações cedidas para o efeito, pela Câmara Municipal de Lamego que fez as obras de requalificação necessárias para albergar diversas entidades, na qual se inclui este Gabinete.
O GAP de Lamego será inaugurado pelo Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Francisco Lopes e pelo Major General Jorge Santos, Director da Direcção e Obtenção de Recursos Humanos do Exército e terá lugar nas instalações do GAP no Bloco da Feira, pelas 11h30.
Na altura será também assinado o Protocolo de Colaboração entre o Exército e a Câmara Municipal de Lamego.
A partir do dia 20, segunda-feira, o GAP abrirá as suas portas ao público, estando a partir desta data, disponível para prestar toda e qualquer informação

Lamego:131 atletas do concelho brilharam nas Olimpíadas da Amizade


No dia 11 e 12 de Julho o Concelho de Lamego esteve presente pela quarta vez consecutiva nas Olimpíadas da Amizade que este ano se realizaram em Tondela e Santa Comba Dão.
O Concelho de Lamego fez-se representar por 131 atletas e 28 dirigentes, em representação de 14 colectividades.

Nas modalidades de Andebol Lamego obteve primeiros lugares nos escalões A masculino e feminino e J masculino e feminino, na modalidade Ténis de Mesa auferiu do 1º e 2º lugar em todos os escalões e géneros em que existiu representação, em Atletismo conquistou o 1º Lugar para o no escalão BF e no escalão J masculino e vários lugares de podium, na modalidade de futsal obteve o 1º Lugar no escalão B masculino e 2º lugar no escalão A masculino, na Natação todas as colectividades e atletas estiveram a grande nível com excelentes prestações e tempos ao lado de alguns dos melhores atletas do distrito e na modalidade de Boccia arrecadou o 1º Lugar no escalão adaptado.
Lamego obteve assim vários primeiros lugares e excelentes prestações individuais e colectivas que como vem sendo hábito deram um colorido especial à presença do Município na edição de este ano das Olimpíadas da Amizade.
Este foi o culminar de um projecto que desde a sua implementação em 2006, cresce no Concelho de Lamego a olhos vistos reflectindo-se nos 902 participantes deste ano, nas 12 modalidades disponíveis e no envolvimento das associações, colectividades e sociedade em geral.
De realçar a boa disposição e comportamento exemplar demonstrado por todas as colectividades, atletas e responsáveis num evento que colocou também á disposição dos cerca de 1500 participantes várias actividades paralelas durante os dois dias, tais como orientação, corridas de carrinhos de rolamentos, grupos musicais e muita diversão nas piscinas e insufláveis espalhados pelos vários locais de actividade e competição.
Texto e Foto de: Dra. Susana Oliveira

Douro:40 embaixadores visitam o Douro no fim-de-semana

Embaixadores em Portugal de 40 países dos cinco continentes vão visitar no fim-de-semana a região do Douro, numa iniciativa inédita de promoção do turismo, disse hoje à agência Lusa fonte da organização.
"Que se saiba, nunca 40 embaixadores foram ao mesmo tempo visitar uma região turística portuguesa", salientou a fonte, afirmando que a iniciativa "O Mundo no Douro" se integra nos objectivos de promoção internacional da região do Vinho do Porto como destino turístico.
A visita é promovida pela Estrutura de Missão para a Região Demarcada do Douro, Museu do Douro e Turismo do Douro, e organizada pela empresa Douro Azul, contando ainda com a participação do Turismo de Portugal, Instituto dos Vinhos do Douro e Porto e Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.
"Queremos transformar estes embaixadores em embaixadores do Douro", realçou a fonte, acrescentando que esta iniciativa interna será seguida de uma outra, ainda este ano, de promoção do Douro em seis capitais europeias e americanas.
A iniciativa começa sexta-feira com uma visita ao Cais de Gaia e Ribeira do Porto, seguida de jantar no Salão Árabe do Palácio da Bolsa.
Sábado, um navio-hotel conduzirá os 40 embaixadores e cônjuges, através do rio Douro, até ao Museu do Douro, no Peso da Régua, onde tomarão contacto com o projecto do "museu do território" duriense.
Na viagem, serão efectuadas breves apresentações técnicas relativas às potencialidades turísticas da região e oportunidades de investimento.
O jantar dessa noite será realizado no Solar da Rede, em Mesão Frio, seguindo-se um concerto especial de Tereza Salgueiro, acompanhada de António Cainho, no Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego.
O dia de domingo será dedicado à realidade vitícola, enológica e enoturística da região e das suas arquitecturas, constando do programa uma visita à Quinta do Seixo, no concelho de Tabuaço.
Esta propriedade da Sogrape Vinhos venceu este ano o Prémio Turismo de Portugal na categoria de Novo Projecto Privado, pelo seu valor para o turismo cultural e paisagístico da Região Demarcada do Douro.
O regresso ao Porto será feito no mesmo barco-hotel

Noticia em: "Expresso online"


Imagem em : http://www.susanasoares.blogs.sapo.pt/

quarta-feira, julho 08, 2009

Lamego:Arminio Quintela e António Augusto dos Santos galardoados pela Câmara com a Medalha de Ouro

A Cerimónia de Outorga da Medalha de Ouro do Município de Lamego aos Cidadãos de Lamego: Eng. Armínio Ângelo de Lemos Quintela e ao Comendador António Augusto dos Santos está marcada para odia 11 de Junho.
Nas propostas da atribuição das Medalhas de Ouro pode ler-se em relação ao Eng. Armínio Quintela: “… porque se trata de uma personalidade tão lúcida e tão iluminada como deveriam ser todos os homens públicos.. afirma-se em todas as atitudes, como um campeão da ética e como um paladino da honradez.” Em relação ao Comendador António Augusto dos Santos “..Há cidadãos que ao transcenderem o seu Tempo, constituem, eles próprios, um louvor à comunidade que os acolhe e um exemplo para as gerações que hão-de passar na Terra.”
A cerimónia decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 15 horas, no próximo sábado, 11 de Julho.

Lamego:Câmara paga 6,5 milhões de euros a fornecedores


Na sequência da obtenção do visto favorável do Tribunal de Contas, a Câmara Municipal de Lamego já procedeu ao pagamento de 6 milhões e 498 mil euros a 193 fornecedores e empreiteiros de obras públicas que até 31 de Dezembro de 2008 prestaram serviços e abastecimento de produtos de diversa natureza a este município.
A Câmara de Lamego cumpre assim a promessa de regularização de dívidas, apesar da redução de receitas e das dívidas recebidas no início do actual mandato. O pagamento de 6 milhões e 498 mil euros a fornecedores, no actual momento de crise, é um contributo decisivo para garantir a saúde financeira dos principais parceiros da autarquia e um impulso indispensável à dinamização do tecido económico local.
Recorde-se que, numa primeira fase, foram aprovadas, em todo o país, 69 candidaturas ao Programa de Regularização Extraordinária de Dívidas do Estado (PREDE), cujo financiamento ascendeu a 431milhões de euros.
Nos termos do PREDE, 40 por cento do empréstimo é concedido pela Direcção Geral do Tesouro e Finanças, sendo os restantes 60 por cento contraídos junto da banca, mas em condições mais favoráveis que as habitualmente praticadas pelo mercado. O prazo para amortização é de 10 anos, sendo a taxa de juro de 0 por cento durante o período de carência, após o qual os juros serão o equivalente à Euribor a seis meses. A esta taxa podem acrescer ou deduzir "spreads".

terça-feira, julho 07, 2009

Lamego: Estórias Pintadas no Museu

A partir do dia 11 de Julho, o Museu de Lamego apresenta ao público as Estórias Pintadas de Neusa Sobrinho-Amtsfeld.
Assumindo a pintura como um “bálsamo” para a sua vida, a artista tem, ao longo da sua carreira, adoptado a cor como um refúgio, vivendo a dualidade de não saber se foi a luz que lhe trouxe a pintura ou as cores que utiliza que lhe deram a luz.
Nesse binómio, entre a luz e a escuridão, move-se Neusa Sobrinho-Amtsfeld, nascida em Portugal (Murça), para onde regressou, recentemente, depois de 30 anos a viver e a trabalhar na Alemanha.
Com uma carreira vertiginosa, com inúmeras exposições, sobretudo na Alemanha e em Portugal, aprendeu com mestres da Escola de Belas-Artes do Rio de Janeiro e da Academia de Pintura de Estugarda, mas, sempre à procura de novos espaços e motivos de inspiração, tem viajado pela França, Itália, França, Grécia, Sérvia, Bulgária e Macedónia. Profundamente influenciada pelos professores M. Delreux, S. Greco e N. Velásquez, em França, Itália e Espanha, respectivamente, bem como pelos artistas búlgaros Zoja Mineva e Pavel Vasilev, actualmente pinta “o fulgor das suas sensações”, debruçando-se sobre as suas próprias recordações.
No Museu de Lamego apresenta até 22 de Agosto as suas “Estórias Pintadas”, que incluem a instalação “La Danse dans l’air” constituída por um conjunto de 32 figuras de pasta suspensas

Noticia e imagem em: Viseu Mais

Lamego: Festival de Gastronomia do Douro de 23 a 26 de Julho

No intuito de divulgar a boa gastronomia do Douro a Associação de Empresários de Hotelaria e Turismo do Douro - HTDOURO - vai realizar o
"I Festival de Gastronomia do Douro" a decorrer nos dias 23 a 26 de Julho de 2009 na Avenida Alfredo de Sousa, em Lamego.

O certame terá a participação de vários restaurantes e unidades hoteleiras da região e na sala de visitas de Lamego, a av. Dr. Alfredo de Sousa, mostrarão os seus pratos gastronómicos.


O certame conta com o apoio das seguintes instituições: Município de Lamego, Turismo do Douro, Escola de Hotelaria e Turismo de Lamego (Turismo de Portugal), Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego(ESTGL), Beira Douro (Associação de Desenvolvimento do Douro), TEK MAK e TMN.
A Rádio Douro Sul estará presente no I Festival de Gastgronomia do Douro com um estúdio para emissões em directo.

quinta-feira, julho 02, 2009

Norte-Lamego194 milhões para reabilitar 20 cidades em três anos

Vinte municípios do Norte do país vão ter, dentro de três anos, centros urbanos com a cara lavada. Esta terça-feira, em Braga, foram assinados os protocolos de financiamento de 23 projectos de regeneração urbana.
Os projectos ultrapassam os 194 milhões de euros e cerca de 70% são financiados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Braga,

imagem em: http:/jasg08.bloguepessoal.com/r1310/CIDADE-DE-LAMEGO/2/
Bragança, Chaves, Felgueiras, Gondomar, Guimarães, Lamego, Matosinhos, Mirandela, Oliveira de Azeméis, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel, Porto, Santo Tirso, Trofa, Vale de Cambra, Vila Nova de Gaia e Vila Nova de Famalicão assumiram a intenção de avançar com a requalificação dos centros históricos e frentes ribeirinhas, de bairros críticos e centralidades urbanas.
Entre os projectos de requalificação com financiamento aprovado contam-se os da Estrada da Circunvalação entre a rotunda de S. Salvador e o hospital Magalhães Lemos, da zona urbana e das margens do rio Este em Braga e dos centros históricos de Mirandela e de Lamego.
A partir da assinatura daqueles protocolos, os municípios dispõem de um ano para apresentar ao Programa ON.2, os projectos de execução das diferentes iniciativas, que apresentaram como prioridades em programas de acção e deverão finalizar os respectivos investimentos num prazo máximo de três anos.
Na sessão de ontem, foram destacados três projectos. O TuaMirandela tem a ambição de converter a zona histórica numa "área de excelência urbana que contribua para afirmar o concelho numa cidade sustentável, inovadora, solidária, criativa e cooperante". Para além de intervenções em várias ruas, destacam-se, por exemplo, a supressão de barreiras arquitectónicas, a criação de um gabinete de apoio ao comércio tradicional, refuncionalização do hospital velho e do antigo quartel da PSP e a valorização da muralha de D. Dinis.
O Viver Lamego pretende, por seu turno, aumentar a qualidade de vida dos habitantes e para a afirmação do concelho "como cidade do património cultural e arquitectónico".
Assim, o grosso da intervenção vai ser feita na zona do castelo, onde é intenção devolver a traça original dos edifícios. Vai ser, ainda, criado um centro de design e estudos da prata, a remodelação da cisterna, a adaptação da torre do castelo em núcleo museológico militar e a criação de um centro de artesanato.
Já no rio Este, em Braga, e para além da requalificação, regeneração e revitalização das suas margens, estão programadas intervenções no Monte Picoto, a criação da escola de música do Carandá e a instalação de bicicletas no rio Este.
O presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Carlos Lage, destacou, também, a requalificação da Estrada da Circunvalação, no Porto, onde está prevista a melhoria da acessibilidade e da mobilidade, do ambiente urbano e a promoção da coesão e integração social.
Carlos Lage referiu-se aos projectos como uma "palete de cores em que dominam o verde, as várias tonalidades do azul da água, a patine das pedras e o cinzento dos bairros sociais degradados". Para o presidente da CCDR N, "este é um projecto sem paralelo e só comparável ao Polis", como provam os 400 milhões de euros inscritos nas suas três fases

domingo, junho 28, 2009

Lamego:Livro de Diana Duarte "Vertigem"apresentado no Salâo Nobre da Câmara


A Câmara Municipal de Lamego continua a apoiar activamente todas as manifestações culturais existentes no concelho, através, por exemplo, da promoção de um vasto conjunto de acções de divulgação de obras da autoria de personalidades locais e regionais e de livros que se debruçam sobre a realidade sócio-cultural da nossa região. Neste sentido, o Salão Nobre dos Paços do Concelho foi, a 13 de Junho último, o palco escolhido para a apresentação pública do livro “Vertigem”, da autoria de Diana Duarte

A autora nasceu em 7 de Junho de 1990, em Lamego, frequentando neste momento o Mestrado Integrado de Ciências Farmacêuticas na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa. Anteriormente, foi aluna na Escola Secundária/ 3 de Latino Coelho onde obteve a classificação final de 19 valores. Para além da obra “Vertigem”, Diana Duarte é também autora de vários artigos de opinião e de cariz jornalístico no jornal escolar “Escrevivendo” e do conto “A Rocha” do livro “Histórias d´Ouro – o Rio, os Rios e os Montes”.
Os prémios de mérito académico com que foi distinguida ao longo do seu percurso escolar testemunham o talento e a inteligência que caracterizam esta jovem aluna, nomeadamente o “Prémio de Mérito” 2008 atribuído pelo Ministério da Educação, ao melhor aluno do Secundário; o “Prémio de Mérito” 2008 atribuído pelo Rotary Club de Lamego ao melhor aluno da cidade de Lamego por escola e o “Prémio Dr. Cassiano Neves” 2008 atribuído pela Escola Secundária/ 3 de Latino Coelho ao melhor aluno da área de Ciências e Tecnologias, para além de outros prémios de mérito académico e mérito na escola.
Perante um Salão Nobre repleto de amigos e familiares de Diana Duarte que se quiseram associar a este importante momento da sua vida, o livro “Vertigem”, editado pela Chiado Editora, foi apresentado pela sua antiga professora, Maria Luísa Lobão Afonso.

Lamego: de 26 a 28 de Junho Lamego promove a Bôla e o Espumante


A “sala de visitas” da cidade de Lamego, a Av. Dr. Alfredo de Sousa, vai acolher a 1ª edição da Feira da Bôla de Lamego, um produto gastronómico de excelência deste concelho, fiel a uma receita muito antiga.
Durante três dias, de 26 a 28 de Junho, onze estabelecimentos comerciais vão expor e vender a tradicional bôla de Lamego recheada conforme o gosto de cada um. Presunto, salpicão, chouriça, vinha d'alhos,bacalhau, frango, sardinha e muitos outros ingredientes vão deliciar o paladar dos consumidores.
Com o objectivo de reforçar a promoção de um outro produto emblemático do concelho de Lamego - o Espumante -, cada cliente será brindado com uma promoção muito especial: na compra de duas bôlas é oferecida uma garrafa de espumante das Caves da Raposeira.
A realização da 1ª edição da Feira da Bôla de Lamego é uma organização da Câmara Municipal de Lamego, em colaboração com a Associação de Hotelaria e Turismo do Douro, o Rancho Regional de Fafel e a Confraria Nacional do Espumante.

Lazarim:Festival Nacional de Teatro Amador de 28 Junho a 28 de Julho


Lazarim viverá durante o mês de Julho mais um dos momentos altos da sua cultura popular e desta vez para dar lugar ao Teatro.
É o X Festival Nacional de Teatro Amador que o Grupo de Teatro Aldeia Verde(GTAV) leva a efeito, todos os fins de semana no mês de Julho.
O grupo de Teatro NACO;
a Associação Sócio Cultural Pinhão;
o Grupo de Teatro de S.João do Monte;
a Oficina de Teatro de Favaios;
a companhia TEM, Teatro Experimental de Mortágua,
o Grupo de Teatro de Fataunço,
o Grupo de Teatro do Instituto Superior Técnico de Lisboa e o Grupo de Teatro Aldeia Verde,. anfitrião do Festival, desfilarão pelo palco instalado no largo da Escola de Lazarim.
O Festival Nacional de Teatro Amador nasceu da carolice de um grupo de pessoas lideradas por Almerindo Carvalho e Ana Cristina que gostam e amam
Clique na imagem para ampliar
o teatro. O Grupo de Teatro Aldeia Verde inicialmente começou por fazer teatro nas garagens e na rua. A organização anual do festival em Lazarim abriu ao grupo as fronteiras da vila e neste momento o GTAV tem percorrido o país com actuações por permuta.
Um dos momentos marcantes do GTAV reporta a 1998, quando o grupo foi oficializado tornando-se numa associação com estatutos publicados no Diário da Republica:

O Grupo de Teatro Aldeia Verde é constituído neste momento por vinte elementos, o mais novo tem 10 anos e o mais velho 56 anos.

O GTAV sobrevive à custa da carolice dos actores e dos donativos, quando existem, de cerca de trezentos associados espalhados pelo país e das ajudas da Câmara de Lamego, Junta de Freguesia de Lazarim, Inatel e Instituto Português da Juventude:

Almerindo Carvalho disse à RDS que o sonho do grupo é possuir sede própria. Os ensaios têm ocorrido no Salão Paroquial da Igreja de Lazarim, um espaço exíguo para tanta actividade ao longo do ano, e um gabinete sem grandes condições para dar conta do expediente e serve ao mesmo tempo de arrumação ao guarda roupa do grupo e de arrecadação dos adereços necessários às actuações. Um autêntico milagre para fazer tanto em tão pouco espaço. Por isso o dirigente deste grupo de teatro amador pretende arranjar instalações condignas para o que já tem um projecto em andamento elaborado pelo arquitecto Tiago Loureiro

Alnerindo Carvalho revelou à RDS que o edifício projectado é de três andares e vai receber um auditório com trezentos lugares sentados para além de serviços de apoio ao teatro.

Segundo os cálculos do presidente do Grupo de Teatro Aldeia Verde o projecto deverá custar cerca de 120.000 euros e para isso conta com a ajuda do poder central e Câmara de Lamego.

O facto de o Grupo não possuir uma sede condigna para realizar o Festival Nacional de Teatro Amador, Almerindo Carvalho diz que a realização do mesmo nunca esteve em causa, pois tem sido realizado ao ar livre, havendo, no entanto, grupos convidados que se têm recusado deslocar-se a Lazarim por o Festival não se desenrolar num espaço fechado.
O Grupo de Teatro Aldeia Verde espera conseguir este ano o "record" de assintência no X Festival Nacional de Teatro Amador, o seu custo deverá rondar os 7.500 Euros., Ora, mas quando não há verbas para trazer outros Grupos de teatro, funcionam as permutas, como nos referiu Almerindo Carvalho, presidente do Grupo.
O Festival vai trazer a Lazarim grupos de Teatro dos distritos de Vila Real e Viseu e um grupo de Teatro de Lisboa
Ora quem quiser passar uns bons momentos de diversão poderá fazê-lo aos fins de semana durante o mês de Julho em Lazarim, porque os grupos de Teatro que vêm este ano ao Festival vão apresentar comédias divertidas para todos os gostos, como nos referiu Almerindo Carvalho:
As peças representadas pelo grupo de Teatro Aldeia Verde de Lazarim são adaptadas na sua maioria do autor brasileiro Martins Pena.
No X Festival Nacional de Teatro Amador de Lazarim o GTAV vai levar à cena “O NOVIÇO” do autor brasileiro Martins Pena.

A anteceder o Festival realiza-se a sessão de abertura no dia 28 de Junho com uma sessão cultural. Actuarão grupos de música estando também agendadas sessões de cinema:

Almerindo Carvalho reivindica para Lazarim o local onde se pode ver bom teatro amador durante o mês de Julho e à borla, pois não há bilhetes e a promessa de divertir o publico aos fins de semana. Ou seja, o Grupo de Teatro Aldeia Verde vai demonstrar que Lazarim será a capital do teatro amador no mês de Julho.
Noticia Rádio Douro Sul

sexta-feira, junho 19, 2009

Cinfães: São João, Festas Concelhias de 19 a 24 de Junho

Organizadas pelos Pelouros da Cultura e do Turismo da autarquia de Cinfães , decorrem até ao dia 24 de Junho as festas em honra do padroeiro S. João, também designadas Festas Concelhias, consideradas hoje como um roteiro turístico de e para o Município, uma vez que a sua qualidade em termos de programação “arrastam” até Cinfães milhares de visitantes oriundos de todo o país.
Para isso a autarquia cinfanense não se poupou em esforços para tornar as Festas do concelho um cartaz turístico do Douro, como revelou à Rádio Douro Sul(RDS) o Dr. Manuel Domingos Barbosa, vice presidente da autarquia e responsável pelo pelouro da Cultura.
As Festas do concelho de Cinfães têm também uma grande envolvência das Associações do Concelho e das freguesias com a sua partipação nas Marchas Populares, o ponto alto das Festas.
O II Festicinfas- Festival de Musica Infantil, integrado no evento, se realiza-se amanhã, sábado, terá a participação dos alunos e professores das escolas de Cinfães culminando o trabalho das actividades de enriquecimento curricular.
O vice presidente da Câmara de Cinfães referiu ainda à RDS que para além das Festas do Concelho de Cinfães há outras iniciativas que visam afirmar o concelho e atrair visitantes, como é o caso do terceiro fim de semana de Julho com a realização da Feira de Artesanato, Gastronomia e Vinho Verde.


Para ver a programação das Festas de São João, clique aqui

sexta-feira, junho 05, 2009

Vila Real: Sede da Agência de Promoção de Políticas Ambientais e Urbanísticas do Eixo Atlântico

Vila Real vai ser a sede da Agência de Promoção de Políticas Ambientais e Urbanísticas do Eixo Atlântico, disse hoje à Lusa o presidente da Câmara de Gaia, Luís Filipe Menezes.
Esta decisão é a primeira consequência da modificação dos estatutos da associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular (EANP), que integra 34 municípios, 17 do Norte de Portugal e outros tantos da Galiza, à qual Luís Filipe Menezes preside há dois anos.
"Esta modificação de estatutos era indispensável para que o Eixo Atlântico possa concorrer aos fundos da União Europeia disponíveis para apoiar grandes projectos de investimento de agrupamentos municipais transfronteiriços", acrescentou o responsável.


Imagem em : www.eixoatlantico.com

quinta-feira, junho 04, 2009

Lamego: Câmara atribui a Medalha de Ouro da Cidade ao Padre Abel Matias

A Câmara Municipal de Lamego atribuiu, por unanimidade, a Medalha de Ouro do Município ao Padre Abel Matias Moreira da Silva, de forma a distinguir a sua vivência de quatro décadas “na nobre missão de educador e formador de sucessivas gerações de jovens, nas vertentes cívica, pedagógica e cultural”.



Na Foto: Padre Abel Matias e Eng. Francisco Lopes, presidente da Câmara de Lamego


Como professor e orientador desportivo no Colégio de Lamego, e como Capelão Militar no CIOE e em Nambuangongo, um dos principais palcos da guerra colonial, o Padre Abel Matias desenvolveu um trabalho intenso e multifacetado, testemunho de uma vida plena dedicada ao próximo, com inteligência e experiência forjadas na união da ética com o espírito de oração, doação e entrega, sempre patente em todas as suas acções.
Francisco Lopes, Presidente da autarquia lamecense, sublinhou que o Padre Abel Matias constitui um exemplo para as gerações futuras e por esta razão “tornou-se tributário de um reconhecimento especial da comunidade lamecense”. Insigne figura, directamente ligada à história do desporto do Colégio de Lamego, sempre fomentou um ideário educativo que assenta na formação integrada dos jovens com mente sã e corpo são e que, na modalidade de voleibol, conseguiram conquistar dezenas de títulos nacionais, projectando deste modo a cidade de Lamego em todo o país.
A grandeza moral e intelectual do Padre Abel Matias já tinha sido, anteriormente, reconhecida com dois louvores do Ministério do Exército, devido à sua acção determinante para “o bom espírito do corpo” que soube incutir nas tropas, sob a sua orientação espiritual ao longo de duas comissões de soberania em Angola.
A cerimónia pública de outorga da Medalha de Ouro do Município de Lamego ao ilustre cidadão decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 15 horas, no sábado, 6 de Junho, a alocução de apresentação do homenageado foi proferida por D. António Francisco dos Santos, Bispo de Aveiro.

LIamego: I Jornadas de Contabilidade e Auditoria



I JORNADAS
de CONTABILIDADE e
AUDITORIA






Na foto: Prof dra. Lidia Oliveira;dra Ana Guia, Prof dr. Rui Robalo e Dr. Telmo Correia





Numa organização da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (ESTGL) realizou-se hoje as I Jornadas de Contabilidade e Auditoria, no auditório do Museu Eclesiástico- Casa do Poço, em Lamego. Envolvendo alunos e professores dos referidos cursos daquele estabelecimento de ensino Superior de Lamego, contou ainda com a colaboração do Voluntariado Cultural e Voluntariado de Eventos
As Jornadas tiveram inicio com uma sessão solene com a presença do director da Escola, Álvaro Bonito.
Com o auditório repleto de alunos dos cursos de Contabilidade e Auditoria e Gestão Informática, as jornadas foram distribuídas por três painéis onde foram abordados temas candentes que, no contexto actual das mudanças profundas na economia nacional e internacional, se colocam aos gestores e aos profissionais da área da contabilidades.
Os temas escolhidos reflectem a preocupação da Comissão Científica das Jornadas de proporcionar aos alunos da ESTGL conhecimentos transmitidos por especialistas conceituados. Pelo que os “ Desafios na Contabilidade Geral” foi o tema abordado pela Professora na Universidade do Minho, Lídia Oliveira; “As mudanças em Contabilidade de Gestão” foi pormenorizado pelo Professor na Universidade da Beira Interior, Rui Robalo e o terceiro painel, “Auditoria Tributária” trouxe a Lamego o Dr. Telmo Correia, Inspector Tributário da Administração Fiscal e especialista na área. Foi moderadora dos painéis a dra. Ana Guia, Mestre em Economia e professora da ESTGL
O enriquecimento de conhecimentos pela via das jornadas são fundamentais para os alunos como nos referiu a directora pedagógica da ESTGL, dra. Carlota Ribeiro.
Carlota Ribeiro disse ainda à RDS que "os conhecimentos mais aprofundados e práticos do dia a dia de uma empresa, em diversos aspectos, não podem ser feitos em contexto de sala de aula", daí a Escola recorrer a professores e técnicos de reconhecida competência.
A ESTGL realiza, ao longo do ano, várias jornadas noutras áreas e que envolvem os alunos e os professores, considerando, por isso, Carlota Ribeiro, que "a Escola está no caminho certo".

quarta-feira, junho 03, 2009

Lamego Cerca de 300 belezas caninas vão disputar o Campeão Nacional de Beleza a 6 de Junho

A Av. Dr. Alfredo de Sousa vai transformar-se numa autêntica “passerelle” para cerca de 300 cães que vão participar na 1ª Exposição Canina Nacional de Lamego que a Câmara Municipal vai organizar no próximo dia 6 de Junho.

Esta competição está aberta à inscrição de exemplares de todas as raças portuguesas e respectivas variedades oficialmente reconhecidas, registados em Livros de Origens ou com Registos Iniciais. Os animais de quatro patas que serão submetidos à avaliação do júri do concurso receberão vários prémios, consoante as categorias pré-definidas. A escolha deverá ser difícil perante tão bons “cãocorrentes”.
A eleição do Campeão Nacional de Beleza vai ser o ponto alto da 1ª Exposição Canina Nacional de Lamego que distinguirá o exemplar que, cumulativamente, tenha obtido quatro certificados de aptidão e diversas qualificações de “excelente”. A garantir a direcção técnica deste encontro estará o Clube Português de Canicultura.
Os proprietários de cães que desejam integrar esta competição devem formalizar a respectiva inscrição junto do Clube Português de Canicultura, através do email shows@cpc.pt, mediante o pagamento de uma taxa de inscrição. Algumas raças estão, no entanto, isentas.
A organização do evento considera obrigatória a apresentação de boletim sanitário ou de prova da vacinação anti-rábica dentro do prazo de validade, conforme determinado anualmente pela DGV, devendo também ser comprovada a posse das vacinações contra as principais doenças infecto-contagiosas da espécie efectuadas há mais de oito dias. Também é obrigatória a identificação de todos os cães por método electrónico, através da aplicação subcutânea de um “microchip” no pescoço.
O regulamento da 1ª Exposição Canina Nacional de Lamego encontra-se disponível em http://www.cm-lamego.pt/

domingo, maio 31, 2009

O ministro do Ambiente, Nunes Correia esteve sexta feira em Lamego, onde inaugurou a barragem de Pretarouca, uma obra desenhada e orientada pela Águas de Trás Os Montes e Alto Douro, do Grupo Águas de Portugal, para satisfazer as necessidades de água de consumo publico na região, em quantidade e qualidade.
De notar que o concelho de Lamego todos os anos, durante o Verão, tem vivido momentos aflitivos de abastecimento de água. A maior aflição foi vivida durante o Verão de 2005, tendo o executivo camarário de então recorrido ao transporte de água do rio Douro em camiões cisternas para a represa de Penude, durante vários dias.

O empreendimento, agora inaugurado, veio resolver de igual modo a dispersão de captações de água destinadas ao abastecimento publico, espalhadas por duas mil e cem origens de água, e veio, igualmente, melhorar o tratamento das águas residuais.
A barragem de Pretarouca vai servir para além de Lamego, outros concelhos do Douro Sul e ainda Vila Nova de Paiva e Castro Daire, num total de 118.146 habitantes.
O investimento global foi de 32,7 milhões de euros e compreende, a barragem de Pretarouca, o sistema de Balsemão constituído por uma ETA, 3 estações elevatórias, um sistema adutor com cerca de 145 km de extensão e ainda 7 reservatórios.
A barragem com 28,5 metros de altura terá uma capacidade de volume total de 3.219.000 m3, representando duas vezes e meia as necessidades anuais de abastecimento de água do concelho de Lamego, como referiu à Rádio Douro Sul o presidente da Câmara de Lamego, Francisco Lopes.

Com a barragem de Pretarouca, já em fase experimental desde Março deste ano, Francisco Lopes disse ainda que está assegurada a qualidade da água aos lamecenses, salvo alguns casos pontuais como nas freguesias de Sande e Valdigem , estando neste momento a decorrer a fase de alguns acertos.

Na cerimónia, de inauguração da barragem, Francisco Lopes protestou pelo facto dos concelhos do interior norte do país pagarem, neste momento, a água mais cara que nos grandes centros urbanos e no litoral, pelo que no seu entender "o interior do país deve ter preços mais justos e equitativos".
O ministro do Ambiente, Nunes Correia, justificou que o governo está a fazer um esforço grande para trazer ao interior do país qualidade na água, e "para isso há custos a que não se podem fugir", lembrou, no entanto, ser necessário recorrer ao fundo de coesão, e para isso estão a decorrer estudos, que classificou de " complexos".

Ora, para o presidente da Câmara de Lamego se a água é mais cara em Trás os Montes e Alto Douro e mais barata nas grande áreas metropolitanas, "algo está mal". Pelo que, "devem ser encontradas formas de harmonizar as tarifas"

A barragem de Pretarouca vem colmatar as necessidades de água de consumo publico na região, em quantidade e qualidade
Vai servir os concelhos de Lamego, Tarouca, Resende, parte de Cinfães e ainda Castro Daire e Vila Nova de Paiva, num total de 118.146 habitantes.

Lamego: Taça das Nações de Minigolge no Centro de Estágio de Lamego

Decorre em Lamego, este fim-de-semana, a Taça das Nações de Minigolfe.

A Federação Portuguesa de Minigolfe (FPM) apoia a participação de nove atletas masculinos e dois femininos, das categorias seniores e veteranos. Durante este fim de semana a cidade de Lamego é o centro das atenções de vários atletas oriundos de 6 países europeus, Itália, Suiça, Alemanha, França, Austria e Porugal, com idades superiores aos 40 anos.Recorde-se que a candidatura apresentada pelo Minigolfe Clube de Lamego, no âmbito da organização da Taça das Nações e Campeonato Europeu de Seniores 2009, obteve resposta positiva da Federação Internacional da modalidade no passado mês de Outubro. Num reconhecimento da capacidade organizativa lusa, o Centro de Estágio de Lamego é o cenário das competições europeias, com provas marcadas de 30 a 31 de Maio e de 5 a 8 de Agosto, respectivamente.


A organização, pelo MC Lamego, do Campeonato Europeu de Juniores de 2000, considerada a melhor de sempre pela World Minigolf Federation, incentivou o clube presidido por Aniceto Fernandes a submeter a candidatura para o Euro 2009 em Seniores. Neste fim-de-semana de competição internacional, Lamego recebe a participação nacional de Sebastião Campos, José Costa, Armindo Costa, João Jesus, António Pinto, Ananias Quintano, Eduardo Salazar, António Silva e Domingos Silva, nos masculinos, e Fernanda Costa e Fernanda Manso em representação feminina.

Na quinta feira, as seis equipas foram recebidas no Salão Nobre da Câmara de Lamego pelo presidente do Municipio, Francisco Lopes, que enalteceu a organização do torneio em Lamego e convidou os participantes a voltarem à cidade como turistas, para apreciarem as belezas paisagisticas, a monumentalidade e a riqueza gastronómica de Lamego. No final, depois de desfilar pela cidade, a comitiva de atletas e acompanhantes foi obsequiada com um Espumante de Honra na Enoteca de Lamego, da Casa do Douro.

terça-feira, maio 26, 2009

Tarouca:Monumento de homenagem ao emigrante


Foi inaugurado, na tarde de domingo, em Tarouca, o monumento de homenagem ao emigrante português.
Colocado junto ao Centro Escolar de Tarouca, o monumento consta de uma estátua de um emigrante com a respectiva mala de viagem a caminho do mundo, este assente num obelisco em granito.



Fotos RDS (clique nas fotos para ampliar)

















A cerimónia foi presidida por Mário Caetano Ferreira, presidente da Câmara de Tarouca, acompanhado da respectiva vereação e demais entidades da cidade. Muitos emigrantes e familiares compareceram no local e no decorrer da cerimónia era visível a emoção no rosto dos emigrantes e familiares pela homenagem prestada.
"Esta foi a forma da autarquia tarouquense reconhecer o esforço e abnegação dos emigrantes" que labutam por esse mundo fora, salientou o presidente da Câmara.

Recorde-se que Tarouca é um dos concelhos do interior do país onde a emigração tem significativa expressão.
O presidente da Câmara de Tarouca, Mário Caetano Ferreira, disse à nossa reportagem que "esta é uma homenagem do reconhecimento da Câmara aos seus emigrantes".
Mário Caetano Ferreira lembrou que a Câmara de Tarouca tem tido o cuidado de criar medidas específicas para os emigrantes, um gabinete de apoio, informação e simplificação burocrática, de modo a que os emigrantes possam regressar ao concelho e encontrarem condições para investirem.